Como iniciar um criatório de animais silvestres ou exóticos

Estima-se que, por ano no Brasil, aproximadamente 200 mil animais silvestres sejam apreendidos pelo IBAMA. Deste total, apenas uma pequena quantidade tem condição de voltar à natureza, os demais permanecem nas dezenas de Centros de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) espalhados pelo país, aguardando a destinação a criatórios devidamente registrados no Órgão.

Estes são, segundo a IN 169 de 20 de fevereiro de 2008, divididos em diversas categorias dependendo do objetivo da criação, sendo os dois tipos mais comumente pretendidos, o mantenedor e o comercial de fauna silvestre. O primeiro é recomendando às pessoas que desejam criar e manter animais silvestres sem que ocorra a reprodução. Dentre as espécies usualmente pretendidas, destacam-se araras, tucanos, papagaios, pequenos primatas e répteis, como a iguana e o cágado tigre d’água. A criação comercial de espécies brasileiras e exóticas, visa criadores que desejam reproduzir esses animais em cativeiro para comercialização de carne, pele ou com a finalidade de animais de estimação. Este tipo de criação possui grande procura devido ao prazer de se criar animais silvestres e ao retorno financeiro, que, apesar de muitas vezes ser tardio, se torna compensador. Quando a finalidade de criação é o abate, sugerem-se espécies como a ema, paca, queixada, cutia e a capivara.

Até a presente data, não há liberação por parte do IBAMA da comercialização de espécies da fauna brasileira para venda como animais de estimação. Entretanto, a criaçao de espécies da fauna exótica está devidamente permitida pela Instrução Normativa 18, de 30 de dezembro de 2011, e aves como o papagaio do congo, cacatuas, ring necks, ecletus, roselas e lóris são alguns exemplos de animais exuberantes, inteligentes e que possuem um alto valor de venda no mercado.

Em 8 de dezembro de 2011, foi publicada a Lei Complementar 140, que repassa ao estado as atribuições ora antes designadas ao IBAMA, e entre elas, o controle de implantação dos criatórios. Atualmente, esta lei se encontra em processo de transferência em alguns estados do país. Hoje, para o registro do cadastro e regularização do criatório, é necessária a obtenção da Autorização Prévia (AP), emitida após o cadastro das espécies desejadas. Em seguida, deve ser elaborado um projeto técnico por profissional competente, constando todas as informações solicitadas pelas Instruções Normativas vigentes. Com a aprovação do projeto, será emitida a Autorização de Instalação (AI) e, após a construção das instalações embasadas pelo projeto técnico, será solicitada a vistoria ao criatório. Quando aprovado, é emitida então a Autorização de Manejo (AM), etapa final do registro, estando o criatório apto a receber os animais ou realizar vendas.

Empresas especializadas realizam todo o processo de registro do criatório,responsabilizando-se desde seu dimensionamento, elaboração do projeto e tramitação no órgão ambiental, até a assistência técnica ao criador registrado. Com isso, o criador fica por conta apenas de curtir sua criação e seus animais.

É importante ressaltar que as criações de animais silvestres em cativeiro são uma importante ferramenta de conservação da fauna, ao manter vivo o patrimônio genético de diferentes espécies e diminuir a busca por animais retirados ilegalmente da natureza, fornecendo para a sociedade, animais de origem legal. Como diria Charles Darwin: “A compaixão para com os animais é das mais nobres virtudes da natureza humana.”

Por,
Lívia Denilli de Araújo, Bióloga da ZOOVET CONSULTORIA LTDA*
Publicada na Revista Mercado Rural, edição de janeiro/13

44 Comentários
  1. Gostaria de informações de como abrir um criatório de pássaros silvestres e exóticos no Rio de Janeiro . Desde já agradeço . William .

  2. ok, mas como se elabora o projeto, quais são as solicitações requeridas?
    já pesquisei que preciso me cadastrar no ibama, e tbm cadastrar o empreendimento antes da autorização prévia, mas para tanto preciso de um projeto.
    tem como vc detalhar melhor o q preciso para elaborar esse projeto?

    obrigado pelas informações

    • Olá Gabriel,
      O projeto contém todas as informaçoes, plantas e documentos necessários para a aprovaçao do órgao ambiental. A ZOOVET também é responsável por toda a tramitaçao da documentaçao. Entre em contato conosco para maiores informaçoes.

  3. Bom dia!

    Tenho interesse em ser um Criador Conservacionista – Mantenedor.
    Meu intetesse são os répteis, especificamente, Boídeos de grande porte como, Pythons.
    Qual a exigência do projeto para que eu possa manter ao menos um exemplar de Python molurus, sebae ou reticulatus?
    Com essa resposta, já posso ter uma base do espaço e recinto (terrário) que tenho que ter disponível.

    Obrigado!

    • Olá Renato,
      Nao é possível registrar um criatório Mantenedor (antigo conservacionista) de animais exóticos. Poderiamos registrar apenas criatório de répteis brasileiros, como jibóias, iguanas, cágados (tartarugas) e jabutis.

  4. Boa noite, eu tenho um papagaio verdadeiro (aestiva) macho, legalizado pelo IBAMA, vou comprar uma fêmea , tbem legalizada, ai vai a minha pergunta : se os 2 se acasalarem e nascer filhote, qual é o procedimento em relação ao IBAMA, o que devo fazer, pois não gosto de coloca-los em gaiolas, mas sim em viveiros grandes.

    • Olá Ageu,
      Os animais com nota fiscal só podem se reproduzir se for registrado um criatório comercial de animais silvestres. O problema que a IN 169/2006 proibiu o registro de novos criatórios. Assim, infelizmente, você nao poderá reproduzir seus animais…

      • mas eu posso ser um criador tbém,pois já paguei bem caro o casal,mas se nascerem e eu não puder ficar com eles ,eu entro na justiça,eu comprei legalizados, não retirei da natureza, quero manter a especie.

        • Sim, Ageu. As leis no Brasil muitas vezes realmente nao as entendemos! Mas se quiser registrar um criatório, conte conosco!

  5. Sou criador de hedgehogs, o ouriço pigmeu africano. (Atelerix albiventris) e gostaria de legalizar essa criação. não encontrei em nenhuma normativa, nada relacionado a proibição nem a legalização da especie. É possível, comercializar e criar de forma legal essa especie no Brasil?

    • Olá Ricardo,
      Na verdade é proibida a criaçao comercial e importaçao de insetivoros, como o Hedghog, pelas normas brasileiras. Assim, nao poderá criar de forma legal por enquanto.

  6. olá como abrir um criatório comercial de animais silvestres ou exoticos em SALVADOR BA

    • Olá Lucivandro,

      Seu comentário ficou junto com “spams” que recebemos. Nós fazemos todo o processo para você. Para isso, será necessário um projeto técnico e a tramitaçao dentro do órgao. Caso esteja ainda interessado, entre em contato conosco por email.
      Atenciosamente,
      Equipe Zoovet

  7. Olá. Gostaria que fosse feito um orçamento de quanto eu gastaria para abrir um criatório de aves silvestres e exóticas aqui em minha cidade e o que é necessário para realizar esse projeto. Aqui não existe, quer dizer, se existe, não tenho conhecimento. O interesse é criação e reprodução. Sou de Maceió/Alagoas. Desde já agradeço. Fico no aguardo.

    • Olá Renato,

      Depende de quais espécies você deseja. Quais tipos de aves o sr. quer?

  8. Boa noite, tenho interesse em criar, reproduzir em cativeiro e comercializar papagaios, araras e outras aves que se encaixe na comercialização, além de se prestar a mantenedor para o Ibama.
    Qual a área que preciso para começar com uma média de 20 aves? E o custo de sua empresa para elaborar este projeto?

  9. Gostaria de saber se está podendo abrir criatório comercial no Estado de São Paulo…pois em alguns outros estados estão dizendo que está podendo abrir…

  10. Criatório Comercial de Passaros Silvestre como Curió?

Horário de Atendimento:

Seg:
Ter:
Qua:
Qui:
Sex:
Sáb:
Dom:
Feriados:
Aberto 24 horas
Aberto 24 horas
Aberto 24 horas
Aberto 24 horas
Aberto 24 horas
Aberto 24 horas
Aberto 24 horas
Aberto 24 horas
Av. Amazonas, 2474 – Santo Agostinho, Belo Horizonte – MG
Telefone.: +55 (31) 2516-4877
Emergência:+55 (31) 98538-8877
ESTACIONAMENTO PARA CLIENTES e rampa de acesso a cadeirantes

Nossa Fan Page:

Nosso Blog: